(49) 3444 6222 aecom@aecom.org.br
Mountains

QUEM SOMOS

A AECOM

A AECOM surgiu da percepção do Engenheiro Civil Nésio Tumelero, de compreender a importância que tem a: comunicação, o diálogo e as atividades associativas, entre seres humanos. 

Foi seguindo este espirito, que surgiu em Concórdia, no ano de 1974 a primeira célula de uma sociedade de Engenheiros – A Associação dos Engenheiros da Construção Civil – contando inicialmente com cinco membros.

 

Com o forte crescimento, impulsionado pelas agroindústrias, este pequeno grupo passou a integrar a AEO – Associação dos Engenheiros do Oeste do Estado de SC, com sede em Chapecó.

 

Poucos anos depois, por sugestão do CREA/SC e a convite dos profissionais de engenharia do Município de Joaçaba, no ano de 1978, a associação desvinculou-se de Chapecó e passou a formar, já com 12 membros, o Núcleo dos Engenheiros de Concórdia e Seara, como parte da Associação dos Engenheiros do Vale do Rio do Peixe com sede em Joaçaba, tendo Nésio Tumelero assumido já a vice-presidência daquela entidade. Participavam além de Concórdia e Joaçaba, os Núcleos de Campos Novos, Videira e Caçador.

 

Em 1982, quando reeleito Nésio Tumelero, Presidente do Núcleo de Concórdia e novamente Vice-Presidente da Associação dos Engenheiros do Vale do Rio do Peixe, sentiu-se a necessidade de modificar o então estado associativo dos profissionais de engenharia e arquitetura de Concórdia, após verificar que apenas 1/5 (um quinto) destes estavam associados. Objetivava-se mais adiante, conquistar a representação no Conselho Estadual de Engenharia.

Com a grata surpresa do interesse e da ajuda dos profissionais de Engenharia e de Arquitetura de Concórdia e Seara, em 16 de março de 1983, dez anos após a primeira célula associativa, foi fundada a AECOM – Associação dos Engenheiros de Concórdia e Microrregião, com um número de 43 profissionais, sendo:

 

15 Engenheiros Civis

8 Eng. Químicos

6 Eng. Mecânicos 

5 Eng. Florestais

2 Eng. Eletricistas

2 Arquitetos

2 Eng. Agrimensores

1 Eng. de Alimentos 

1 Eng Industrial Metalúrgico  

1 Engenheiro de Pesca

 

Reuniu-se assim, nove modalidades de engenharia, mais arquitetura, contando com quatro profissionais do município de Seara.

A primeira Diretoria eleita por unanimidade era composta dos seguintes membros:

Presidente Engº. Civil  Nésio Tumelero

Vice- Presidente Engº. Civil  Adroaldo Pagani da Silva

1º Secretário Engº. Florestal Laurindo Salante

2º Secretário Arqª. Adriana Zucchi

1º Tesoureiro Engº. Civil Herbert Hugo Nilson

2º Tesoureiro Engº Florestal Alvanir Fernando Zuse

Diretor Social Engª. Química, Sônia Luiza Arcari Karloh

Diretor de Esportes Engº. Civil Carlos Alberto Biezus

 

Conselho Fiscal

Efetivos Engº. Químico Vincenzo Francesco Mastrogiácomo

Engº  Químico  Adilson Edson Reich

Engº Civil  Nivaldo Martins Leal

 

Suplentes

Engº Florestal  Marco Polo Gauer Haeffner

Engº Civil  Sadi Tumelero

 

 

A AECOM, após cumprimento de período regulamentar de funcionamento efetivo teve seu Registro de Entidade de Classe aprovada no CREA-SC na Sessão Plenária de 22 de maio de 1990.

 

Pelo processo CF/1708/90, e do parecer prévio n.º  152/90 - ATJ – IRB aprovado pelo órgão competente do CONFEA  e analisado pelo Relator Conselheiro Federal João Eduardo Amaral Moritz, foi em 06 de junho de 1990 homologado o registro da Entidade de Classe da AECOM, dando-lhe os direitos legais no Sistema CONFEA/CREAs.

 

Ainda em 1990 o Eng. Nésio Tumelero assumiria vaga de Conselheiro Titular do CREA-SC, cargo este ocupado por seis anos, tendo como suplente o Eng. Adroaldo Pagani da Silva.

 

Em 23 de abril de 1992, com a atuação do Conselheiro Nésio, conquistamos para Concórdia, dentro do programa inovador defendido naquela gestão do Presidente  Wilson Lang, de estadualização dos serviços do CREA-SC, a instalação da Inspetoria Regional de Concórdia para atendimento aos profissionais e a sociedade local.

 

Indicado Inspetor Chefe por três períodos sucessivos (nove anos) o Eng. Nésio Tumelero iniciou a formação do colégio de Inspetores local, hoje com quinze inspetores para auxiliar tecnicamente na atuação da Inspetoria na região e na instrução de processos às Câmaras.

 

Além dos objetivos profissionais constam de seus estatutos, a AECOM é uma entidade de classe que visa promover a valorização profissional de seus associados manifestando-se como proponente, crítica e/ou incentivadora de assuntos de interesse das comunidades da Microrregião, no tocante a assuntos da área de conhecimento de seus integrantes. Além disso, promove e realiza eventos de capacitação, qualificação e interação profissional.